quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Gramados: Saiba como formar!


A primeira coisa a fazer na hora de implementar um gramado é escolher a grama adequada ao uso, que pode ir de um tapete verde para o jardim à base da área esportiva da casa. Na hora da decisão, deve-se levar em conta o clima, tipo de solo e condições do terreno(inclinação e sombreamento).


A grama pode ser plantada por meio de placas...

A espécie mais usada em jardins residenciais é a esmeralda, que forma um gramado denso, dificultando a aparição de ervas daninhas, suporta pisoteio, segura a erosão em áreas inclinadas. e não cresce muito, exigindo poucas podas.
Os gramados podem ser implantados de diversas formas. Os tapetes e placas, apesar de serem a opção mais cara, são mais práticos e formam rapidamente gramados mais densos.

PREPARAÇÃO DO SOLO DO GRAMADO.

O primeiro passo é limpar bem a área, tirando raízes, entulhos e pedras. É essencial exterminar as ervas daninhas pois, se permanecerem no solo, poderão gerar muitos problemas depois. A prevenção é o melhor caminho nesta hora, portanto após a limpeza do terreno, aplique herbicida em toda área. Feito isso, aguarde alguns dias e corrija o solo. O ideal é fazer uma coleta de amostra do solo e enviar para uma análise, seja qual for o resultado, o solo deve ser trabalhado com mais ou menos 20 cm de profundidade. Precisa ser descompactado com uma enxada e receber um aplicação de herbicida.
Aguarde alguns dias e corrija com calcário dolomítico e fertilize-o com superfosfato simples, para fortalecer as raízes e com matéria orgânica para estimular o desenvolvimento vegetativo.
Se a terra de seu jardim for muito argilosa, misture areia nessa camada de 20 cm, para melhorar a condição de drenagem.



Um comentário: